SER POETA POEMAS EN PORTUGUÉS

Todo lo publicado en  ARISTOS INTERNACIONAL está sujeto a 
la ley de propiedad intelectual de España

Agosto 2.019  nº 22

La Dirección no se responsabiliza de las opiniones expuestas
por sus autores. 
Estos conservan el copyright de sus obras

AL SERVICIO DE LA PAZ Y LA CULTURA HISPANO LUSA

 

COLABORAN: Virginia Branco…Regina Carvalho…Eugenio de Sá…Ary Franco…Yvany Gurgel do Amaral..,Amilton Maciel Monteiro…Gabriela País…Cema Raizer…Alfredo Santos Mendes…Thalma Tavares
SER POETA
Virginia Branco
Escutando o germinar das sementes
com olhares inocentes de humildade,
alimentam-se de verdade ;- suas vertentes
A dor e o amor são musas sem idade.
Seus sonhos vagueiam nos jardins da utopia,
transformando ervas amargas em flores.
Onde o sol e a lua iluminam a poesia
e os poetas exaltam os seus amores.
O silêncio da noite é a luz do dia
Todo o Estro tece verdadeiras sinfonias
e ecoam concertos por excelência,
na musicalidade das palavras.
Em teus trilhos o humanísmo lavras
exalando perfumes d’eloquência.
POETANDO…
Regina Carvalho
Como expressar com palavras, 
os gestos que queria fazer, 
tudo que gostaria de ver, 
um belo amanhecer ou entardecer,
ou o triste e soturno morrer…
Faltam-me falas para os descrever.
Entretanto ao expressar 
com o simples fato de pensar, falar, 
não existe nada que me preocupe
porque nada pode deturpar, 
seja a essência do chorar, 
ou o doce gesto do beijar, 
como comover e alcançar
a essência do puro e simples "amar…
Que passem as horas, os minutos, dias e anos…
e todas as estações do tempo! 
Mas que eu viva, ainda que tola, porém feliz,
todas as ilusões pueris de sentimento…
SER POETA
Eugenio de Sá
Ditosa mente onde os motes afloram
A que o ser dota c’o a génese sublime
Da verve que o inflama e o redime
Aliviando as dores que o incorporam.
Mas a alma de um poeta é generosa
E por tal sempre atenta ao que a rodeia
Não se confina à própria melopeia
Mas defende outras causas, ardorosa.
Paira como o condor em liberdade
Sobrevoando a vida, e em si carreia
O desejo de amar, à saciedade.
É assim cada poeta, que alardeia
Nos versos onde mostra afinidade
C’o mundo, nas ideias qu’encadeia.
Ser poeta é…
Ary Franco (O Poeta Descalço)
Sonhar, mesmo quando acordado.
Amar inda que sem ser amado.
Em meio à mata achar caminhos
Só de flores, olvidando os espinhos.
Falar pelo próprio coração.
Encontrar luz na escuridão.
Ter como cúmplice a inspiração,
Mormente quando em solidão.
Arrancar do luar sonetos apaixonados.
Formando mil casais enamorados.
Ver estrelas em noites chuvosas.
Fazer versos e prosas entre rosas.
Despertar em todos um sonho melhor
Em poemas com um romance maior.
Ver na lágrima uma gota de alegria
E dela poetar uma linda fantasia.
Saber entender e falar do verdadeiro amor,
pois brota ele na sua veia poética
com renovado ardor.. renovado
AOS POETAS
Yvany Gurgel do Amaral

Poeta que escreves com tua caneta viva

Lindos versos para cantar os amores
Das mulheres que passaram em tua vida
De tuas alegrias e até de tuas dores
Tu te lembras dos inúmeros favores
Que a lua te fez ao te dar inspiração?
Para falar de tão lindos sentimentos
Que calam fundo ao nosso coração.
Poeta que ficas sentado à beira do caminho
Entre árvores frondosas cheias de lembranças
A escrever versos eternos plenos de beleza,
De amor, felicidade, sorrisos e esperanças.
Muitas vezes deixas de seguir tua caminhada
Para cantar em versos o amor por tua amada
Cantas, também, a tua dor, tua tristeza
A espera de um gesto de amor, de carinho…
Quantas vezes, de pé, olhos perdidos no horizonte
Foste procurar na natureza a indisfarçável fonte
De muitas inspirações quando num final de tarde
O coração estremece de ternura e de saudade,
Sem saber se a tua eterna musa inspiradora
Vai te sussurrar as frases e termos que precisas
Para expressar teu mais nobre sentimento
E não serem, apenas, palavras ao vento…?
Poeta será que a mulher para a qual escreves,
E pela qual teu coração bate, ama e suspira
Já leu algum dos teus inúmeros e pobres versos
E se identificou na melodia das tuas rimas ?
Ou será, talvez, que ela, nem saiba, que ironia,
Ser a causa primeira de tão belas poesias
E igual à amada de D’Arvers, ainda diga:
– Que mulher será esta? E inocente sorria…
Poeta não chore, nem derrames o teu pranto
Canta o amor, a beleza, a virtude, a justiça
Burila e emprega bem a tua linguagem castiça
Porque muitas de nós se identificarão contigo
E não estarás sozinho, nesta linda jornada
Muitas mulheres ao lerem os teus lindos versos
Desejarão, por certo, ser tua musa, a tua amada…
             CASA DOS POETAS            
Amilton Maciel Monteiro
Visito sempre a casa dos poetas, 
pois lá me sinto bem a qualquer hora;
é onde eu sempre encontro as mais seletas
poesias de levar tristeza embora…
Na sala principal estão completas
as obras de imortais, mais os de agora…
Há versos mil de amor, canções diletas
ao coração que de saudade chora…
Um corredor de trovas me conduz
às redondilhas,  numa sala enorme,
com muito belas odes e poemetos…
A tudo leio e tudo me traz luz
para eu fugir das mágoas; bem conforme
com as lições que aprendo ao ler sonetos!
SER POETA
Gabriela Pais (Portugal)
Diz-se que poeta é prolífero inventor,
Sim! Tem um cuidado próprio, cria, ajuíza,
No bom sentido de ser um observador,
Ser poeta é amor lúcido, é noite e dia.
Averba o que sabe da vida, o que vê e crê,
Não anda ao sabor das ondas de espuma,
Poetar corre p’ las veias, não anda à mercê.
Ser poeta é lutar contra o peso da bruma.
Tem jardim na mente, que com pranto rega,
Fróis a abrir em busca de são mundo e luta,
Sonha com o belo, o amor, o mal renega.
Tece temas a chorar ou a rir, afunda,
Ser poeta é ter coração emotivo, escuta,
Versar é o ouro da arte da expressão profunda.
SER POETA
Cema Raizer
Hoje me permito pensar
Num tema de valores
Que nos chegam como luz…
Em versos e palavras escritas
Na inspiração de poetas…
Algo que cativa e enternece
Envolve em afeto e amizade
De autores irmanados
Na alegria de interagir!
De cada poeta que conhecemos
Temos poesias preferidas
Que nos impulsionam a seguir

Registrando e lendo inspirações
Formatadas com arte e musica

Personalizadas na telinha

Pela alegria e vontade

Da «Aristos InternacIonal  
Servindo À paz e a Cultura
Valorizando em cada autor 
A alegria DE SER POETA …

SER POETA
Alfredo Santos Mendes
Ser poeta é ser guerreiro.
Sua arma é um tinteiro,
Da tinta faz munições.
O machado desenterra,
Com a caneta faz guerra,
Com prosas e com canções!
Transmite na poesia,
Tristeza, dor, alegria,
O seu grito revoltante.
Quando em nome da justiça,
Se pratica a injustiça,
Com acto beligerante!
Detesta a hipocrisia.
Seu mundo de fantasia,
Não acolhe falsidade.
Sonhando um mundo melhor,
As sua prosas de amor,
São um hino à liberdade!
No seu modo de sentir,
Vive às vezes a sorrir,
Com vontade de chorar.
Sente a dor o sofrimento,
Sem um ai, sem um lamento,
Vai sofrendo a versejar!
Canta o amor a revolta.
Sente-se um cavalo à solta,
Nos prados do pensamento.
Os sonhos, a nostalgia,
Os transforma em poesia,
Palavras leva-as o vento!
Há quem julgue que o poeta,
É visionário pateta,
Vive noutra dimensão.
Sendo assim, nosso é o céu.
Eu lhes tiro o meu chapéu,
Parabéns, têm razão!
SAL DA TERRA
Thalma Tavares
Ser poeta,
ser o pássaro de sempre
por insólitas canções
na voz das ruas,
padecer de asfalto
e encantar as pedras.
Abrandar a ira
sacudir o pasmo
e promover o espanto.
Tirar da alma o pranto
e por na boca o riso
e, se preciso, incendiar o Sol.
É teu dever, irmão,
entre os irmãos vencidos
recriar o verbo
sem matar o grito
que estremece a raça.
A tua meta irmão
é viver Deus no homem
é ser o cardo e o trigo
ser espada e abrigo
ser a rocha dura
e ser também cristal.
É teu dever, poeta,
ser o Sal da Terra
ser não só a Luz
mas Luz, Fermento e Sal.

1 comentario en “SER POETA POEMAS EN PORTUGUÉS”

  1. É gratificante poder ler os poemas publicados…sentir bem perto a criatividade e o empenho de todos para manter viva a poesia!
    Todo o conjunto faz parte do empenho de do grupo que sempre nos acolhe, e divulga com carinho! Escolho «Ser poeta»para um
    breve comentário. Agradeço a Aristos Internacional, a Eunate, aos poetas e a todos os que fazem parte desse importante trabalho!
    1 – VIRGÍNIA BRANCO : Seu poema é lindo… e resume o caminho do poeta, com sabedoria!
    2 – REGINA CARVALHO : Seu poema destaca, de maneira pura e sublime, o teu maravilhoso sentir!
    3 – EUGÉNIO DE SÁ : Grande sentir poético! Mestre que se Envolve no poema, livre e amoroso… Valoriza quem ama a poesia.
    4 – ARY FRANCO : Poeta descalço…caminha pela poesia,sem medo de esponhos, O poema, hoje, é profusão poética cheia de tudo!
    5 – YVANI G. DO AMARAL : Teu poema é um louvor condensado em versos. Conta a vida de muitos poetas… linda homenagem!
    6 – AMILON M. MONTEIRO : Declara amor à poesia de todos os poetas…Uma expressiva escolha para desenvolver o tema!
    7 – GABRIELA PAES : Você versou com o ouro da arte da expressão tão linda!
    8 – ALFREDO S. MENDES : A experiência dita:conteúdo sério, sincero, verdadeiro, não deixa dúvida: Belo poema e bem definido!
    9 – THALMA TAVARES : «Pássaro de sempre, padecer de asfalto,encantar pedras»…todo o recado está dado…inspiração que faz lembrar de tudo… «LUZ, FERMENTO, SAL…» Parabéns à todos e forte abraço!

    Responder

Deja un comentario